Muito assunto pra um post só!
21 de outubro de 2015
É big! É big!
4 de novembro de 2015
Exibir Tudo

FullSizeRender

Já que o blog é meu (rsrs), vou me dar a permissão de não seguir exatamente uma cronologia. É impossível não falar deste momento tão especial na minha vida e da minha família.

No dia 24 de outubro de 2015, eu e Marcelo casamos, na Casa de Santa Teresa, no Rio de Janeiro (o lugar mais lindo pra se casar e o único que me imaginava casando!)

Fizemos o caminho contrário: engravidamos, juntamos, tivemos um filho e quase 4 anos depois, casamos de papel passado.

Já que fizemos tudo numa ordem invertida mesmo, é claro que nosso casório não foi tradicional.

Entramos os três juntos (eu, Marcelo e Vicente). Amo o meu pai, mas sinceramente não tinha a ver todo esse protocolo do pai que leva a filha ao altar. E foi super lindo vê-lo entrando de braços dados com a minha mãe, mesmo os dois sendo separados. Os pais do Marcelo são casados até hoje e entraram juntos também.

Vicente ficou tão eufórico e ansioso… Todo dia ele acordava e perguntava:

—É hoje o nosso casamento? Chegou?

Bacana demais perceber o quanto ele curtiu e ficou envolvido, se sentiu fazendo parte da festa. Foi
tudo muito emocionante e alegre do início ao fim. Ficamos num estado de êxtase por uns 3 dias seguidos.

Acordava pra fazer xixi à noite e cadê que eu conseguia dormir de novo? Que nada… Ficava pensando na cerimônia/festa de casamento, em cada sorriso, na carinha das pessoas emocionadas, na troca de energia deliciosa…

Uma semana antes do casamento, eu e Marcelo sentimos uma espécie de “arrependimento”, porque a tensão foi batendo, porque é muito dinheiro que se gasta e ficamos duros e lisos e tal, porque não conseguimos chamar todas as pessoas que queríamos, infelizmente teve gente que ficou fora da lista (e se você é uma delas não significa que não gostamos de você, significa que lista de convidados é, sem dúvida, o item mais estressante de um casamento).

Não queríamos dar uma festa “ostentação”. Acho até de mau gosto esbanjar com tanta gente passando fome no mundo. A gente pensou em quantas viagens poderíamos ter feito com esse dinheiro, enfim, tudo isso nos deixava inseguros. Olhávamos um pro outro e pensávamos:
– Tava tudo em paz, pra quê que a gente foi inventar isso?

Mas hoje, temos certeza que tudo valeu a pena. Afinal, a gente não leva nada da vida a não ser esses momentos de amor, essas memórias tão preciosas.  Neste mundo tão hostil, o amor merece ser celebrado.

Mas tem uma coisa, se alguém me pedisse uma dica de como ter uma festa de casamento inesquecível, eu diria: conheça muito a pessoa com quem você está casando, mas conheça mesmo. Não case por impulso, não case por paixão, não case no terceiro mês de namoro (me refiro a cerimônia de casamento, não a morar junto, porque nesse caso, se der errado, faz-se uma mala e mete-se o pé), case por amor.

Só lembrando, amor é aquilo que vem depois da paixão, é tipo uma paixão da terceira idade, amadurecida. O amor não é cego, não sente falta de ar, nem taquicardia. É um sentimento sereno de parceria, confiança, companheirismo, amizade, sem ser entediante. Ele sobrevive às brigas, possíveis separações, conflitos, vê beleza na rotina e até nos defeitos do outro. Se você não sente isso, não case. Aí sim você estará jogando dinheiro fora. Do contrário, case sem medo de ser feliz, cafona ou ultrapassado! Amar, gente, estará sempre na moda!

Natália Sambrini
Natália Sambrini
Sou Natalia, mãe do Vicente, roteirista, atriz, produtora, escorpião com ascendente em áries e lua em câncer (pra quem é ligado nos astros), balzaca, brasileira por parte de mãe e paraguaia por parte de pai, carioca da gema, feminista, questionadora, ansiosa, inquieta e insone por natureza... sou coisa a beça! O que eu gosto mesmo é de gente!

4 Comentários

  1. Gloria Barreto disse:

    Foi o casamento mais bonito que vi em toda a minha vida!!! Que Deus os abençoe e, como nos contos de fada, sejam felizes para sempre!

  2. Viviane Braga disse:

    Muitas felicidades sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DESEJA RECEBER NOVIDADES?
Preencha o formulário abaixo e fique por dentro das novidades do Multiplicamor!
Respeitamos as boas práticas de envio de email e não divulgamos suas informações.